instagram takipci satin alma

Mais pecados que você não deve cometer

No meu primeiro post, falei sobre pecados que não se deve cometer em relacionamentos profissionais nos Estados Unidos. No entanto, mesmo que em alguma ocasião você esteja aqui de passagem, apenas visitando, não esqueça os bons modos. O nosso proceder pode acabar por manchar a reputação de todo nosso povo!

Por isso, aqui vai a lista de mais alguns pecados que você não deve cometer, nem na hora de relaxar. Lembre que costume de casa vai à praça!

  1. Insisto no primeiro item que escrevi no primeiro post, porque nunca é demais relembrá-lo: Cumprimente as pessoas. Diga bom dia, por favor, obrigado, com licença, e peça desculpas. Se não fala Inglês fluentemente, pelo menos aprenda as palavras básicas/mágicas do bom comportamento
  2. Nunca jogue lixo no chão. Guarde na bolsa, no bolso ou na mão até encontrar uma lixeira.
  3. Não insista em descontos e barganhas. Uma coisa é negociar termos de acordo, e contratos; outra coisa é pedir desconto no valor da hora de um profissional como advogado, contador, etc. A mão de obra aqui é extremamente valorizada, como deveria ser em qualquer lugar, e se você tentar violar esse princípio vai acabar ofendendo as pessoas.
  4. Os lojistas trabalham com uma margem pequena de lucro; eles não sobem o preço para depois te dar desconto. Lojas de varejo, quando fazem promoção e liquidação, já estão dando os descontos possíveis. Se não gostou do valor, procure e pode encontrar o mesmo produto com um valor mais em conta em outra loja ou na internet.
  5. Sempre dê gorjetas se houve prestação de um serviço (garçom, manicure, cabelereira, massagista, etc.). A gorjeta é esperada e faz parte do salário.
  6. Respeite e siga as regras do transito. As coisas aqui funcionam, de fato. Quando ver a placa STOP, é para PARAR mesmo.
  7. Não espere ninguém te servir. Na maioria das lojas e lugares, você procura e pede ajuda se não conseguiu.
  8. Não grite em Português, isso não traduz o que você disse, apenas incomoda e demostra falta de educação. A mimica funciona melhor.