ucuz takp

Conheça as iniciativas da cidade de Orlando para apoiar os pequenos empresários

De 4 a 8 de Maio foi comemorada nos Estados Unidos a Semana Nacional dos Pequenos Negócios. Com o slogan ‘Sonhe grande. Comece pequeno’ (Dream Big. Start Small), essa semana comemorativa estabelecida pelo presidente Kennedy em 1963 reconhece a enorme contribuição dos pequenos empresários para a economia americana. Segundo dados oficiais, mais da metade dos Americanos é empreendedor ou trabalha para uma pequena empresa, e estas criam 2 de cada 3 novos empregos nos Estados Unidos a cada ano.

“Os pequenos negócios da cidade de Orlando fazem dela um excelente lugar para se viver. Eles fornecem serviços de extrema importância e fortalecem a economia local através da criação de empregos e oportunidades para nossos residentes, consequentemente elevando a qualidade de vida da nossa cidade”, disse o prefeito de Orlando Buddy Dyer em postagem recente do seu blog.

A cidade de Orlando é conhecida como um excelente berço para novos empresários, e recentemente foi eleita pela revista Forbes como a cidade americana numero 1 em geração de empregos. Conheça alguns dos recursos e programas que a administração de Orlando tem usado para incentivar o crescimento de novas pequenas empresas:

The National Entrepreneur Center – http://nationalec.org

O Centro Nacional de Empreendedorismo foi fundado em 2003 através de um esforço conjunto da Disney, do governo de Orlando e da Universidade Central da Flórida. Essa iniciativa levou a Flórida Central a ser reconhecida por revistas nacionais como a Entrepreneur Magazine e outros veículos de mídia como um dos melhores locais da América para se começar um novo negócio.

O centro oferece serviços como Business Coaching, seminários de treinamento à baixo custo, eventos de networking, oportunidades de publicidade, assistência para certificação de negócios cujos donos fazem parte de grupos minoritários, entre outros. Desde sua fundação, essa iniciativa já treinou mais de 100 mil pequenos negócios e ajudou na facilitação de mais de 150 milhões de dólares em empréstimos para implementação dessas novas empresas.

The Starter Studio – http://starterstudio.com/

O Starter Studio é uma aceleradora local encabeçada por Greg Pollack, empreendedor local fundador da Code School e Envy Labs.

Com três turmas “graduadas” em seu concorrido Demo Day, a aceleradora oferece mentoria em diversas áreas, muito networking e uma cultura verdadeiramente americana de desenvolvimento de startups de tecnologia. Além disso, o espaço de escritórios utilizado e fornecido gratuitamente está dentro do CANVS, um incrível coworking localizado em um recém reformado prédio histórico, no coração de Downtown Orlando.

A quarta turma inicia em Agosto, Setembro e Outubro, com sua conclusão e Demo Day agendados para o começo de novembro. As inscrições para a próxima turma encerram-se em 14 de Junho.

UCF Incubator program – https://www.incubator.ucf.edu

O Programa de Incubação da Universidade Central da Flórida existe desde 1999 em parceria com cidades e condados da Central Flórida com o objetivo de ajudar empresas locais em estágio inicial, treinando-as, fornecendo ferramentas e acompanhando de perto seu crescimento, até que estejam bem estabelecidas.

O tratamento é personalizado, com conselheiros acompanhando cada empresa individualmente, identificando problemas e suas resoluções e selecionando recursos locais que melhor auxiliarão o seu crescimento.

De acordo com dados da National Business Incubation Association (Associacão Nacional de Incubação de Negócios), 84% das empresas que passaram por um processo de incubação continuam funcionando efetivamente. O programa da UCF no período de Outubro de 2011 a Junho de 2013 contribuiu diretamente na geração de mais de 3 mil empregos, criando um impacto econômico de mais de $327 milhões de dólares.

Para empresas brasileira: a UCF possui um programa chamado Soft Landing Program que auxilia empresas de outros estados americanos e países a ingressarem no mercado norte-americano, estabelecendo sua base na Central Flórida. Além de não ter custo algum para a empresa, a incubadora fornece escritórios com baixo custo, acesso à networking e cursos para que o empresário de fora aprenda como fazer negócios nos Estados Unidos.

Diversas empresas brasileiras já participaram do programa, como Solvis e VOXtell.

The Business Development Division – http://www.cityoforlando.net/business-development/

Esse departamento da cidade de Orlando trabalha para auxiliar a formação de novos negócios na cidade, criando empregos e fortalecendo os distritos comerciais. A administração do Business development Division dá grande enfoque ao trabalho empreendedor, criando iniciativas e provendo recursos para expandir e diversificar a economia de Orlando.

No ano fiscal de 2013/2014, a cidade aprovou acordos com 61 empresas locais, criando uma média de 1760 empregos e investindo em torno de $187 milhões de dólares.

Downton Orlando – http://www.downtownorlando.com/

A organização Downtown Orlando reúne diversas ações para estímulo do desenvolvimento de seu centro. No site http://www.downtownorlando.com/ você encontra maiores informações.

The Main Street Four-Point Approach

Através desse programa, a cidade de Orlando tem revitalizado distritos antigos e desatualizados de seus bairros e cidades circunvizinhas. A idéia principal do projeto é encorajar o crescimento econômico de determinadas regiões preservando, ao mesmo tempo, a sua história particular. Outro objetivo é fortalecer as comunidades locais, levando os seus residentes a gerar e consumir serviços localmente através da criação de distritos comerciais com arquiteturas únicas, facilidade de locomoção de pedestres e vantagens que só aquela atmosfera de bairro pode trazer, como atendimento a nível pessoal e um grande senso de comunidade.

O programa seleciona comunidades para investir e, então, trabalha em quatro diferentes áreas: Design, reestruturação econômica, marketing e organização.  Desde 2007 Orlando investiu cerca de 508 milhões nesse projeto, gerando 494 novos negócios e mais de 3 mil empregos, além de ter auxiliado 23 empresas em seus projetos de expansão.